Balanço Energético

NOTA: Desloque o rato sobre as barras para obter descrição individual dos valores.
» Balanço Energético Anual: » 2010 » 2011 » 2012 » 2013 » 2014 » 2015 » 2016

Como a minha aventura pela microprodução tinha como principal objetivo aproximar a habitação do conceito NZEB (Nearly Zero Energy Building), fica o balanço energético anual entre a produção e consumo.

Em termos de consumo os picos máximos centram-se nos meses frios (sistema de aquecimento elétrico, baseado em termo acumuladores e irradiadores), ao contrário da produção que apresenta os picos mínimos nesse mesmo período.

Em termos de faturação a produção cobre o consumo, por duas 2 razões:
– Tarifa bonificada de 0,5673€/kWh (até 31 de dezembro de 2015).
– Regime Bi-horário no consumo, cerca de 55% do consumo é feito em horas de vazio (com a actual legislação esta tarifa será extinta também em 2015).

Quando as tarifas atingirem o regime de paridade (preço de compra igual ao preço de venda), aí a produção terá de superar o consumo para garantir uma fatura energética nula.
Como os sistemas fotovoltaicos vão perdendo capacidade de produção à medida que envelhecem (a maioria dos fabricantes aponta para uma degradação linear a rondar os 0,7%), resta ao agregado familiar continuar a procurar medidas de eficiência energética que façam essa compensação. O planeta agradece.

3 respostas a Balanço Energético

  1. Patalhetas diz:
    espetacular !!!
    muito bom Duarte, quando quiseres sou todo “ouvidos” para criares um grafico destes para o meu site !!
    abraço,
    ps.
    não te esqueças de vir ao algarve 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *